Os nossos quintais e a poesia de Narlan Matos em Elegia ao Novo Mundo e outros poemas

Adenilson Barros Albuquerque

Resumen


Este artigo apresenta leituras de poemas escolhidos no livro Elegia ao Novo Mundo e outros poemas, de Narlan Matos. Em três momentos de sua obra, intitulados respectivamente de Novi Orbis, Brasilianas e De-lírios, o poeta escreve sobre questões importantes da América Latina em especial, negligenciadas em grande medida pelos escritores nos séculos de manifestações literárias produzidas no continente. Aborda temas igualmente relevantes, porém muitas vezes ocultados, sobre o Brasil, além de voltar-se às memórias em que o eu lírico compartilha suas experiências. Esse livro, se não é o primeiro, certamente está entre os que inauguram uma nova postura na literatura brasileira, sugerindo olhares para si e para além de suas fronteiras geográficas e temáticas.

Palabras clave


Narlan Matos, poesia, quintais, outros olhares.

Texto completo:

HTML




PhD Program in Hispanic and Luso-Brazilian Literatures and Languages
 
The Graduate Center | CUNY

ISSN: 1930-1693